Domingo, 12 de Abril de 2015

Troquei a bata pelo avental

  

Foi há uns largos meses que a m-M me pediu que lhe ensinasse a fazer porco agridoce. Uma vez que só na semana passada voltei a fazer esta receita, chegou finalmente o momento de partilhar algo nunca antes visto neste blog: um post gastronómico.

 

porco agridoce.jpg

 O brilho da fotografia aparenta oleosidade, mas é na verdade devido ao molho.

 

Esta é a receita em que me baseio e que merece os devidos créditos, mas vou aproveitar para apresentá-la à minha maneira e com algumas notas extra:

 

1 – Cortem 200 g de carne de porco aos cubos;

 

2 – Numa taça, juntem a carne cortada, 1 ovo batido e 1 colher de molho de soja. Temperem com sal e pimenta q.b. – ou seja, desemerdem-se mas não salguem o porco –, juntem 4 colheres de farinha Maizena e deixem marinar até perderem as vidas do Candy Crush.

Agora a sério: na receita recomendam 15 minutos, mas acho pouco (cozinhei 2 Kg de carne e deixei marinar durante 3 horas);

 

3 – A fase seguinte consiste em fritar a carne: recorram a uma frigideira com um pouco de óleo. Aconselho-vos a não fritar uma grande quantidade de cada vez, para os cubos ficarem bem dourados;

 

4 – Piquem 1 cebola, 1 alho, 1 pimento verde e outro vermelho (fica bonitinho com as duas cores, mas podem optar só por um) e ponham a refogar noutra frigideira (grande) ou num wok. Acrescentem o molho agridoce e deixem ferver.

 

Molho agridoce

3 colheres de sopa de vinagre de vinho branco

3 colheres de sopa de açúcar

1 colher de sopa de molho de soja

1 colher de sopa de ketchup

50ml de água

 

5 – Numa taça, coloquem 2 colheres de sopa de água e 1 generosa colher de farinha Maizena. Depois de misturar, adicionem à frigideira que contém o molho agridoce e deixem espessar.

 

6 – Juntem os pedaços de carne cozinhada ao molho, assim como 3 ou 4 metades de pêssego de conserva (ou algumas rodelas de ananás, consoante a vossa preferência), cortadas em pedaços.


Servido com arroz fica muy bueno!

 

Aproveito ainda para sugerir entrada e sobremesas de fácil confeção:

 

Entrada

A minha sugestão para entrada consiste em tostinhas com queijo Philadelphia e doce de morango (ou outro qualquer). Primeiro barram as tostas com o queijo e, por cima, deitam um pouco de doce. Alguns podem estranhar esta mistura salgado-doce, mas eu adoro!

 

Sobremesas

Para sobremesa, os convidados tiveram direito a doce de filipinos. Como se faz? Pegam em duas embalagens de filipinos e começam a "terapia": batem com elas na mesa, nas paredes ou onde vos apetecer, até as bolachas ficarem desfeitas em pequenos pedaços. Numa taça, juntam o conteúdo de 2 pacotes de natas e batem com a ajuda da batedeira. Juntam 1 lata de leite condensado, adicionam os pedaços de filipinos e misturam tudo. Pode ir ao frigorífico ou ao congelador, consoante a consistência que preferirem.

 
Para completar a sobremesa – e inspirada neste post do blog Casal Mistério (que vale a pena visitar) – servi gomos de tangerinas mergulhados em chocolate negro, que também devem ficar algum tempo no frigorífico até que o chocolate solidifique. O resultado é uma sobremesa doce, fresca e pouco enjoativa!

 

tangerinas com chocolate.jpg

 

 Boas aventuras culinárias!

   

 

publicado por BataeBatom às 11:18
link do post | comentar | favorito (2)
17 comentários:
De Maria Araújo a 12 de Abril de 2015 às 18:04
"desemerdem-se mas não salguem o porco", ahahahahaha!
Gostei, e gosto dos paladares agridoces, mas as sobremesas de filipinos, ui! Doce demais para mim.
Já as tangerinas do Casal Mistério, são tentadoras e combinam bem com o chocolate.
Quanto a tudo, hummmmm, nham.nham-nham. menina da bata para o avental.
Beijinho
De BataeBatom a 12 de Abril de 2015 às 18:19
Maria, quando mandam pôr sal e pimenta q.b. ou "a gosto" (principalmente se a receita é para muitas pessoas), tenho sempre dúvidas quanto às quantidades... Mas pelo sim, pelo não ponho a menos e depois vou acrescentando! A lei manda desenrascar! :P
Beijinho e boa semana!

Comentar post


. ver BB

. seguir perfil

. 320 seguidores

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Art's friday #33

. Como quase sermos o que q...

. Art's friday #32 - Especi...

. Esta coisa do ano bissext...

. Como ter cabelo brilhante...

. Intermitências da vida

. Ser portuguesa é...

. Olhe, desculpe, isto é um...

. Porque raio querem levar ...

. Versão ikra-não-sei-quê d...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014