Domingo, 12 de Abril de 2015

Troquei a bata pelo avental

  

Foi há uns largos meses que a m-M me pediu que lhe ensinasse a fazer porco agridoce. Uma vez que só na semana passada voltei a fazer esta receita, chegou finalmente o momento de partilhar algo nunca antes visto neste blog: um post gastronómico.

 

porco agridoce.jpg

 O brilho da fotografia aparenta oleosidade, mas é na verdade devido ao molho.

 

Esta é a receita em que me baseio e que merece os devidos créditos, mas vou aproveitar para apresentá-la à minha maneira e com algumas notas extra:

 

1 – Cortem 200 g de carne de porco aos cubos;

 

2 – Numa taça, juntem a carne cortada, 1 ovo batido e 1 colher de molho de soja. Temperem com sal e pimenta q.b. – ou seja, desemerdem-se mas não salguem o porco –, juntem 4 colheres de farinha Maizena e deixem marinar até perderem as vidas do Candy Crush.

Agora a sério: na receita recomendam 15 minutos, mas acho pouco (cozinhei 2 Kg de carne e deixei marinar durante 3 horas);

 

3 – A fase seguinte consiste em fritar a carne: recorram a uma frigideira com um pouco de óleo. Aconselho-vos a não fritar uma grande quantidade de cada vez, para os cubos ficarem bem dourados;

 

4 – Piquem 1 cebola, 1 alho, 1 pimento verde e outro vermelho (fica bonitinho com as duas cores, mas podem optar só por um) e ponham a refogar noutra frigideira (grande) ou num wok. Acrescentem o molho agridoce e deixem ferver.

 

Molho agridoce

3 colheres de sopa de vinagre de vinho branco

3 colheres de sopa de açúcar

1 colher de sopa de molho de soja

1 colher de sopa de ketchup

50ml de água

 

5 – Numa taça, coloquem 2 colheres de sopa de água e 1 generosa colher de farinha Maizena. Depois de misturar, adicionem à frigideira que contém o molho agridoce e deixem espessar.

 

6 – Juntem os pedaços de carne cozinhada ao molho, assim como 3 ou 4 metades de pêssego de conserva (ou algumas rodelas de ananás, consoante a vossa preferência), cortadas em pedaços.


Servido com arroz fica muy bueno!

 

Aproveito ainda para sugerir entrada e sobremesas de fácil confeção:

 

Entrada

A minha sugestão para entrada consiste em tostinhas com queijo Philadelphia e doce de morango (ou outro qualquer). Primeiro barram as tostas com o queijo e, por cima, deitam um pouco de doce. Alguns podem estranhar esta mistura salgado-doce, mas eu adoro!

 

Sobremesas

Para sobremesa, os convidados tiveram direito a doce de filipinos. Como se faz? Pegam em duas embalagens de filipinos e começam a "terapia": batem com elas na mesa, nas paredes ou onde vos apetecer, até as bolachas ficarem desfeitas em pequenos pedaços. Numa taça, juntam o conteúdo de 2 pacotes de natas e batem com a ajuda da batedeira. Juntam 1 lata de leite condensado, adicionam os pedaços de filipinos e misturam tudo. Pode ir ao frigorífico ou ao congelador, consoante a consistência que preferirem.

 
Para completar a sobremesa – e inspirada neste post do blog Casal Mistério (que vale a pena visitar) – servi gomos de tangerinas mergulhados em chocolate negro, que também devem ficar algum tempo no frigorífico até que o chocolate solidifique. O resultado é uma sobremesa doce, fresca e pouco enjoativa!

 

tangerinas com chocolate.jpg

 

 Boas aventuras culinárias!

   

 

publicado por BataeBatom às 11:18
link do post | favorito (2)
De Teresa a 13 de Abril de 2015 às 22:34
Boas sugestões!
Eu sou má cozinheira mas de facto hoje em dia há imensos vídeos que ajudam qualquer um a fazer receitas fantásticas!
De BataeBatom a 15 de Abril de 2015 às 00:17
Uns têm mais facilidade do que outros, mas acho que todos nos conseguimos desenrascar (desde que não sejam receitas demasiado elaboradas)!
Eu também não sou das cozinheiras mais experientes ou talentosas, mas desde que comecei a estudar fora de casa tive que tentar apurar minimamente os dotes culinários! :P
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


. ver BB

. seguir perfil

. 319 seguidores

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Art's friday #33

. Como quase sermos o que q...

. Art's friday #32 - Especi...

. Esta coisa do ano bissext...

. Como ter cabelo brilhante...

. Intermitências da vida

. Ser portuguesa é...

. Olhe, desculpe, isto é um...

. Porque raio querem levar ...

. Versão ikra-não-sei-quê d...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014