Domingo, 29 de Março de 2015

"Como um smartphone pode tornar o sexo fantástico"

  

Aqui está uma boa proposta da Durex:

 

 

 

publicado por BataeBatom às 21:28
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Sábado, 16 de Agosto de 2014

Haja ruído!

Já todos convivemos com pessoas que aparentam ter pilhas de longa duração nas cordas vocais. Ouvir algumas é um prazer, mas outras quase nos obrigam a dizer “fala para a minha mão”. No entanto, no futuro, talvez essas pessoas falem para a bateria dos nossos telemóveis.

 

Hoje trago-vos mais uma novidade "smarphónica": uma universidade londrina, em parceria com a Nokia, está a desenvolver um smartphone que se “alimentará”, em parte, do ruído. Mesmo não sendo suficiente para as necessidades energéticas do aparelho, veremos diminuída a utilização dos nossos tão conhecidos carregadores de telemóvel.  


Os mais curiosos poderão ler a divulgação aqui.

  

publicado por BataeBatom às 15:14
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Quarta-feira, 23 de Julho de 2014

Não tem idade, não tem smartphone

  

Parece que foi lançado o Magalhães dos telemóveis! É quase isso, sim. Transcrevo dois parágrafos de uma notícia que publicitou o “Mobile4you”, um smartphone para crianças:


“Em comunicado a empresa destaca a aplicação de controlo parental que vem no telemóvel, revelando que é possível aos pais monitorizarem toda a atividade que os filhos estão a ter no equipamento. Entre as várias funcionalidades há uma que permite, por exemplo, bloquear as chamadas telefónicas. O software também revela a localização do dispositivo.”


“Outras ferramentas incluem o envio de um relatório diário com as chamadas e SMS recebidos ou enviados e na versão premium os pais podem receber um alerta caso o filho tenha recebido uma mensagem com conteúdos impróprios para menores.”


Esperem. O QUÊ?!


São crianças, não são cães. Não se sentam quando pedimos, não vão a correr buscar a bola quando a lançamos.

Se os pais (sem dúvida, muito inteligentes) compram estas relíquias aos filhos, é porque as suas crias têm maturidade para usar um smartphone. Portanto, não necessitam deste exagerado controlo parental, através de um “relatório diário com as chamadas e SMS recebidos”.

 

Vamos recapitular.


- Criança (em idade que não deve ter acesso à internet e a mensagens com imagens) a quem querem dar um dispositivo que permita avisar quando sai das atividades e necessita de boleia dos papás:

    

   

- Pré-adolescente/adolescente:
Smartphone dos verdadeiros, já que querem tanto dar um smartphonezinho aos filhos.

  

publicado por BataeBatom às 18:37
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. "Como um smartphone pode ...

. Haja ruído!

. Não tem idade, não tem sm...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014