Terça-feira, 21 de Julho de 2015

Vende-se cérebro frito

   

Quinta-feira: último exame; tocar nas Festas do Bodo.

Sexta-feira: mudança de casa.

Próxima semana: voluntariado em Sintra.

Logo a seguir ao voluntariado: tocar em casamentos.

 

Como podem concluir, o meu cérebro está transformado num cocktail de preocupações, pelo que não conto aparecer por aqui nos próximos dias.

 

Mas fica o convite para virem passear até Pombal na próxima quinta, pelas 23h, para assistirem ao concerto dos SILK! No final, não se esqueçam de ir dizer olá à rapariga do violino. Acho que se chama Dora.

 

Atualização: a Ana lembrou-me de algo pertinente, no facebook do blog. Não tinha dito aqui, mas todos os concertos das Festas do Bodo são de entrada gratuita! Mais um motivo para não faltarem! 

   

cartaz bodo 2015.jpg

  

publicado por BataeBatom às 15:21
link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito (2)
Quarta-feira, 13 de Maio de 2015

Se pudéssemos partilhar cheiros pela net…

 

… alguns maldosos publicariam o odor dos seus puns no facebook, calculo.

 

Mas eu partilharia convosco o aroma que se sente em Pombal, quando o vento decide espalhar o fabuloso cheiro proveniente da fábrica da Cuétara. A sério que é digno de referência num guia turístico!

Até me faz ter pensamentos pecaminosos: 

 

montagem cuétara pombal.jpg

  Não tenho cabelo loiro nem pele tão perfeitinha, mas dá para perceber a ideia, certo?

 

Vento, se me estás a ler, deixo-te uma sugestão: não queres espalhar o cheiro desta fábrica pela Península Ibérica, em vez de andares a espalhar as areias do Saara por todo o lado? Deixa lá o deserto em paz.

  

publicado por BataeBatom às 13:11
link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito (1)
Terça-feira, 7 de Outubro de 2014

Dia dos castelos. Ou dos chatos.

 

Para mim, os castelos são chatos.

Entendam porquê:

Há mais de uma década, como habitualmente, os meus primos viajaram até Portugal nas férias de Verão. Numa atitude infantil, eu chamava-lhes "chatos". Eles, franceses, não deixaram escapar a semelhança entre a alcunha que eu lhes dava e a palavra "châteaux". E eu, assim que soube o significado do vocábulo, comecei a chamar-lhes "castelos"!

Tenho carinho por esses castelos, mas hoje decidi partilhar convosco o do meu concelho, captado pela lente do Francisco Lisboa:

 

publicado por BataeBatom às 20:30
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Vende-se cérebro frito

. Se pudéssemos partilhar c...

. Dia dos castelos. Ou dos ...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014