Segunda-feira, 13 de Julho de 2015

Vamos brincar aos blogs de moda?

  

Miguxaaahs, á exatamente um ano desabafei aki sobre o meu prublema em encontrar malinhas. Pronto, pronto, já parei, eu sei que há blogs de moda com um português aceitável. (Principalmente se não forem escritos por quem dá a cara.)

  

Adiante, desde este post (alerto que pode ferir suscetibilidades), encontrei duas malas que me agradaram. Ambas foram compradas na Parfois, a preços bastante convidativos, e vão sendo alternadas com uma melhorzinha da Cavalinho que já tenho há mais tempo.

  

Uma delas está em Coimbra, mas posso mostrar-vos a outra:

mala parfois 1.jpg

Porque é que eu não apareço com a mala? Simples, não tenho um fotógrafo e não me apetece fazer figura de ursa a tirar selfies. (E há grandes probabilidades de a cadeira ser mais fotogénica do que eu.)

   

Pontos fortes da mala:

Cabem documentos A4, mas não é demasiado grande;

Tem um compartimento para as tralhas parecerem arrumadas;

Valor ac€ssível (já não me lembro quanto custou, mas com 30 ou 40€ faz-se a festa);

 

Pontos fracos:

Não é de pele;

Tinha um cheiro mesmo desagradável quando a comprei. Mas bastou passar junto de uma perfumaria, logo a seguir, e aceitar um daqueles cartões perfumados que eles distribuem. Toca a pô-lo na mala e... Problema resolvido!

  

E já que estamos a brincar aos blogs de moda, deveria falar dos saldos... Bem, a verdade é que até agora a minha época de saldos foi vergonhosa. Adquiri umas sandálias, na semana passada, e nem sequer estavam em promoção.

 

sandálias cg 1.jpg

sandálias cg 2.jpg

sandálias cg 3.jpg

Calçado Guimarães - 44,95€

 

Pontos fortes:

São de pele.

Cor: fica bem com tudo.

Conforto: parece que os meus pés estão pousados em almofadas.

Bendita inclinação à frente, que não deixa que o terror das sandálias aconteça: apesar da inclinação do pé, os dedos não saem das sandálias. 

 

E agora digo-vos isto baixinho, ao ouvido, porque coisa gabada é coisa estragada: até agora, ainda não encontrei defeitos.

 

publicado por BataeBatom às 14:32
link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito (1)
Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Como quase ganhar uma hérnia discal

No mesmo registo extremamente educativo dos posts "Como quase perder um voo", trago-vos outra espécie de ensinamento.

Este foi comprovado na semana passada.

 

Queres tentar ganhar uma hérnia discal, mas não sabes como fazê-lo?

(Imagem original aqui)

 

Liga para o 707 bata e batom!

Ou então segue estes 10 passos:

 

1 - Recheias a mala com roupa necessária para cinco ou seis dias. Acrescentas algumas t-shirts e um par de sandálias, que as sapatilhas e os chinelos de dedo não chegam.

 

2 - Que não te faltem os produtos de higiene em embalagens de tamanho dito "normal", porque supostamente não terás que caminhar longas distâncias com a mala e, portanto, não há qualquer problema se a carga for pesada! O trabalho de transferir os produtos para depósitos pequenos, como acontece quando temos que viajar de avião, é evitado.

 

3 - Ora bem, se já tens a mala da roupa bem recheada, enches um saco de praia. Escolhes uma toalha grande e pesada, porque é a tua favorita. E adicionas as raquetes, que animarão as tardes de praia.

 

4 - Juntas muita comida à bagagem, porque és guloso(a).

 

5 - Mala de roupa, saco de praia... Hum... Acrescenta o saco cama, o colchão de campismo e o computador portátil. Isso mesmo!

 

6 - Esperas por um telefonema que te faz entender que vais ter que caminhar bastante... E instala-se o pânico, pois concluis que tens que abdicar de tralhas, uma vez que a tua estatura não te permite tanta carga. (Há que enfatizar que a tua roupa não está arrumada numa mala de rodinhas, mas sim num saco de desporto, que transportarás ao ombro.)

 

7 - Em vez de dizeres um "olá, dores de costas!", metes mãos à obra e reorganizas a bagagem, já sem as sapatilhas e, portanto, sem meias. Livras-te das t-shirts que consideraste como "suplentes".

 

8- Desfazes-te de alguns produtos de beleza, porque a preocupação com a coluna vertebral ultrapassa qualquer desassossego estético. (Mas manténs as raquetes. Nunca se abdica da diversão!)

 

9 - Descobres ainda, com felicidade, que o colchão de campismo não é necessário.

 

10 - Congratulas-te porque a hérnia discal ficou à distância de um quase!

 

publicado por BataeBatom às 13:49
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito (1)

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Vamos brincar aos blogs d...

. Como quase ganhar uma hér...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014