Terça-feira, 7 de Julho de 2015

Lições que aprendes no casamento do teu irmão

       

Ontem, deparei-me com um artigo no facebook, convenientemente publicitado em plena época alta dos casórios: 20 lições que aprendes no dia do teu casamento. Cusquei a lista e ia concordando com tudo, não por experiência própria mas porque fazia sentido.

 

Foi então que cheguei à "depressão pós-casamento". Acreditam que eu, mera irmã do noivo, vivenciei essa sensação por umas horas?! A prova disso é que achava que estaria sem forças para manter o blog (entre outras atividades do meu quotidiano) nos dias seguintes, lembram-se?

 

Não me interpretem mal: claro que estava super feliz pelo meu irmão e pela minha recém-cunhada. Mas vamos ver se me faço entender: entre ensaios para tocar na missa e na quinta, preocupações estéticas, preparativos em casa (devidos à oferta de pequeno almoço/lanche aos convidados, antes da cerimónia) e receção dos familiares emigrantes nos dias anteriores à festa, acumulou-se uma boa dose de stress. Um stress bom, mas não deixou de ser cansativo.

  

IMG-20150519-WA0014.jpg

Foto do casamento do mano e da quase-mana :)

 

O grande dia passou surpreendentemente rápido e, após uma breve soneca, retomámos a party no dia seguinte, com almoçarada de família lá em casa.

  

Foi então que chegou a mini-e-estúpida-depressão-pós-casamento-do-mano. Surgiu uma sensação de vazio quando a festa acabou e nos despedimos dos familiares emigrantes, que regressaram rapidamente às suas rotinas no estrangeiro.

 

Casa por arrumar. Um silêncio incomum comparativamente às horas anteriores... E estávamos todos mortos de cansaço. Imaginem a minha figura de parva a ajudar a carregar os sofás, desde a cave até à sala e a queixar-me: estou cansada que nem uma porca* e se me quero deitar no sofá ainda tenho que o carregar primeiro!!!

 

Talvez tenha contribuído para a depressão pós-casamento o facto de não me terem levado para a lua-de-mel. Desde quando é que não se leva a irmã nesse tipo de viagem? E quem seguraria as velas se faltassem candelabros no hotel? Enfim, não percebo!

  

* acredito que a maioria de vós ache que isto não faz sentido, porque de facto não faz. Mas é das expressões que mais digo. Não me perguntem porquê.
  
publicado por BataeBatom às 12:24
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito (1)
Quarta-feira, 15 de Abril de 2015

O computador que faz saltar à corda

  

Se, na mesa da sala dos meus pais, o lugar mais próximo da tomada está ocupado, armo um estendal com o carregador do PC, em vez de ir procurar uma extensão.


Já ouvi vários queixumes sobre o assunto, mas acho que este foi o melhor (dito pelo minha mãe): Passo a vida a saltar à corda cá em casa!

  

IMG_20150412_204731.jpg

 

Sou mesmo boa filha, não sou?!

Até criei uma estratégia para a minha família fazer exercício físico!

 

publicado por BataeBatom às 20:20
link do post | comentar | ver comentários (35) | favorito
Segunda-feira, 23 de Março de 2015

Como quase alterar o programa de Filosofia

 

Parti um copo (olhem que novidade!) e tinha que ser logo um de champanhe, em cristal! A minha mãe assistiu à cena e apressou-se a fazer um olhar reprovador, sem nada dizer.

- Também já partiste muitos! – desculpei-me.

Riu-se e eu rematei com:

- Ensinam isto em filosofia: é a falácia do "ataque à pessoa" (mais especificamente, o argumento tu quoque: “tu também”)!

- Em que ano aprendeste isso? – perguntou-me.

- No 11º. Porquê?

- Para sugerir que alterem o programa.

 

Porque é que as mães sabem sempre o que responder para sairem "campeãs" de uma conversa com os filhos?!

 

publicado por BataeBatom às 22:16
link do post | comentar | ver comentários (33) | favorito (4)
Quinta-feira, 19 de Março de 2015

O Bata&Batom deseja um feliz dia a todos os pais, com destaque para os que:

 

- aturam uma filha louca chata

- fazem a melhor caldeirada do mundo

- deixaram que a filha conduzisse antes de ter carta de condução

- ensinaram a fazer contas de dividir

- no verão, levavam a garota para o trabalho, onde ela lia Harry Potter e lanchava uma sandes mista

- permitiram que a miúda fosse para a escola primária com batom, porque a mamã não viu (muahahah!)

- desempenham frequentemente a função de taxista particular da filha

- têm um marcado sentido de humor

- não estarão com a filha hoje (mas amanhã não se escapam!)

   

Feliz Dia do Pai!

 

Dia do pai 2015.jpg Imagem original aqui

 

publicado por BataeBatom às 07:51
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito (4)
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2015

Art's friday #15

  

Fred Giovannitti é um famoso tatuador e é também conhecido por pintar os desenhos dos seus filhos, durante as viagens frequentes que faz em contexto de trabalho. 

 
Com este Art's friday, pretendo homenagear a sua família que, para além de produzir interessantes criações artísticas, prova que há inúmeras formas de prestarmos atenção aos que amamos, mesmo à distância.

 

Vejam alguns "antes e depois":

  

2.jpg

4.jpg

6.jpg

5.jpg

 

 

Se, tal como eu, ficaram rendidos ao talento dos pequenotes e do seu pai, podem espreitar mais algumas imagens na página de facebook do Fred!

   

publicado por BataeBatom às 00:02
link do post | comentar | ver comentários (36) | favorito (3)

. ver BB

. seguir perfil

. 313 seguidores

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Lições que aprendes no ca...

. O computador que faz salt...

. Como quase alterar o prog...

. O Bata&Batom deseja um fe...

. Art's friday #15

. Dia dos castelos. Ou dos ...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014