Segunda-feira, 6 de Abril de 2015

Pérolas da blogosfera

     

Acho piada (ou nem por isso) às criaturas que se dizem “bloggers” e, no entanto, não escrevem os próprios textos. Terem maquilhadores, ok. Terem fotógrafos, ok. Mas assinar por baixo de posts escritos por outra pessoa? Para mim, esses seres são tão bloggers como um senhor sem carta de pesados é camionista.

  

Meus queridos, este dia foi fantástico, comi um sushi delicioso ao almoço e rúcula ao jantar – versão linda e maravilhosa, escrita pela pessoa contratada para o efeito.

  

Que dia horrível. Esta malta é tão chata. A TPM está fortíssima e comi uma bola de berlim quando ninguém estava a ver – versão verdadeira, que até o escriba desconhece.

  

E o povo, porque o blog é escrito por de uma celebridade, engole relatos que não passam de farsas, criados unicamente para gerar cliques e vendas. Pobres marionetas!

  

não escrevo no meu blog.jpg

publicado por BataeBatom às 11:37
link do post | comentar | ver comentários (88) | favorito (14)
Domingo, 15 de Março de 2015

49 cusquices sobre mim

 

7 coisas 1.jpg

1) Paraquedismo (depois de sedar a minha mãe)
2) Curar uns quantos doentes
3) Aprender a ser fotogénica
4) Ser mãe
5) Tocar violino na Ópera de Sidney (lol)
6) Conhecer pessoalmente os meus amigos blogueiros
7) Reservar uma suite com vista para o mar, no Hotel do Além

  

7 coisas 2.jpg

1) [qualquer coisa] que nem um porco/que nem uma porca

(exemplo: "ontem, estudei que nem uma porca”)

2) Agora não posso!
3) ‘Tá calado e cala-te!
4) Já faço!
5) Já vai!
6) O teu cu é que amarga!*
7) Não há disso em gelado para comer à sobremesa?

 

* uma pessoa da família, muito prática e despachada, respondeu com esta expressão quando o cônjuge lhe disse que um alimento amargava. Agora, uso isto para qualquer situação (exemplo: Ó Dora, hoje estás chata. Resposta: O teu cu é que amarga!).

 

7 coisas 3.jpg

1) Dormir
2) Organizar viagens
3) Respirar (quando a asma não me trama!)
4) Recordar as caras das pessoas
5) Argumentar
6) Procrastinar
7) Queimar panos em fogões a gás. É um talento natural (5º tópico daqui).

 

7 coisas 4.jpg

1) Aguentar muito tempo sem rir
2) Limpar a pasta de transferências do computador

(o elevado número de GB dessa pasta irrita profundamente o Hugo)

3) Deitar cedo
4) Cedo erguer
5) Ter paciência
6) Manter o armário da roupa organizado durante mais do que 1 dia
7) Responder a estes desafios

 

7 coisas 5.jpg

1) Abraço do namorado
2) Fim-de-semana com os papás
3) Amizade
4) Cozinharem para mim
5) Cozinhar para os outros
6) Viajar
7) Papelarias e livrarias

 

7 coisas 6.jpg

1) A minha cama
2) Música
3) Estabilidade
4) Ler (e escrever!)
5) Inventar piadas secas
6) Desenhar
7) Chocolate (clichê! Quase todas amam este garanhão!)

 

7 coisas 7.jpg

1) Oportunismo
2) Vendedores insistentes
3) Aulas até às 20h
4) Mentiras
5) Falta de inspiração
6) Despertador
7) Levantar-me para ir buscar o carregador do computador (acabei de o fazer)

 

Obrigada pela nomeação para este desafio, Ana, Cherry, Cinisga, Cris, Olívia e Sandra! Sintam-se todos convidados a responder!

     

publicado por BataeBatom às 12:25
link do post | comentar | ver comentários (30) | favorito (1)
Sábado, 7 de Março de 2015

São servidos de uma fatia de blogosfera?

    

Hoje, não venho falar de coisas do dia. Fui desafiada para fazer referência, num só post, aos blogs que visito. Serão 43 e picos? Ó menina, eu sei lá, se são 43 e picos, se é o chinês ou o car(v)alho (ver ou rever este vídeo). Só sei que nem sempre visito os blogs com a mesma regularidade, porque a vida de estudante universitária não me dá o superpoder de esticar o tempo.

 

Esclareço ainda que a minha memória é, por vezes, um mundo túrbido, pelo que tenho receio de cometer a gaffe de me esquecer de algum cantinho importante, neste post.

 
E vocês devem estar a questionar-se: “então mas esta gaja acha que o Bata&Batom é algum blog de jeito para participar em desafios? Ela que se deixe de taras e manias”. Pois, meus amigos, parece que isto é um blogue. É aqui que vos massacro diariamente – ou quase – com as minhas teorias, palavras, recordações e desabafos… Enfim, neste canto são despejados alguns pensamentos oficiais não licenciados de uma estudante de medicina que ora critica realidades censuráveis, ora aplaude o que se ama.

 
E um blog é isso mesmo, um conjunto de momentos em cápsulas. Aqui, sinto que estou onde não estou. Posso adotar, amar e viver novas realidades. Posso nadar num mar português – chamam-lhe “Blogosfera” - e, quando calha, fico uns dias em terra a observar as imensas ondas, compostas por devaneios e contos, ora de menina, ora de mulher. Relatam-se aventuras dignas de uma Alice perdida num país das maravilhas e narram-se passagens do quotidiano de uma simples rapariga do autocarro.


Aqui, posso imaginar-me em Marrocos, pelas fotografias dos outros, ou posso ir até terras italianas, onde dizem babidibuuupi, com aquele sotaque que vocês conseguem imaginar!

 
Às vezes, pergunto-me como será o meu percurso na blogosfera e consigo adivinhar os dois lados da moeda do meu futuro. O lado A, mesmo muito pouco provável, retrata uma adulta entediante, que deixou de ter tempo para hobbies e acha que a blogosfera é demasiado hipster; o lado B, pelo qual estou a torcer, mostra uma profissional que continuará a fazer tudo o que aprecia, nem que para tal tenha que arranjar três mãos! Como poderia deixar o blog e os meus blogueiros? Nem pensar! Vou continuar por aqui, com todo o amor, a cuidar do blog como se de uma flor se tratasse.

 
E se eu tiver filhos? O Bata&Batom vai ser transformado num Bata&Biberon? Eu gostava de ser mamã (ou maminka, como se diz em checo), mas não exageremos! O boy terá que cuidar do bebé enquanto eu venho à net aprender uma coisa nova por dia… Tudo por culpa da Magda e a Sofia!

(Eu também tento ensinar coisas novas, mas o meu tento não consegue…)

 

Tenho fumo a sair pelos ouvidos, pelo nariz e sabe-se lá mais por onde, tal foi o esforço que fiz para me tentar lembrar de todos os blogs que visito, seja regularmente ou de forma esporádica. Porque me meto nestas coisas? Olha, é a vida, não é?

 
Agora, que completei o desafio, só consigo pensar “ufa, finalmente! Just smile”!

  

tags: ,
publicado por BataeBatom às 12:39
link do post | comentar | ver comentários (46) | favorito (6)
Sexta-feira, 30 de Janeiro de 2015

Facebook do blog: esclarecimento

 

Como sabem, o meu blog está associado ao Facebook, pelo que os seguidores deveriam receber os meus posts no feed de notícias. Estaríamos, assim, à distância de um clique (o que agrada à maioria).

 

No entanto, a página funciona de forma diferente de um Facebook pessoal: as minhas publicações não alcançam a totalidade das pessoas que fizeram “gosto”.

 

E porque é que isto acontece?

Adivinhem...

Exato, porque querem que eu ponha o cartão de crédito a trabalhar!

 

desaprovado.jpg

 

Não vou gastar as minhas poupanças nessa opção, como facilmente compreenderão. Mas há uma forma de contornarem este obstáculo, se fazem questão de ter ter acesso aos posts a partir do facebook do blog:

 

1 - clicam na seta ao lado de "gostei";

2 - seleccionam a opção “receber notificações”, como indicado na imagem.

  

indicações.png

   

 

Desta forma,  sempre que eu publicar um post ou outro conteúdo no facebook, saberão de imediato! (Garanto que as notificações não serão tão frequentes quanto as dos convites para jogos!)

  

 

publicado por BataeBatom às 21:19
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Sábado, 3 de Janeiro de 2015

Replay: Dezanove dedos e um co(n)to

 

Quando o longínquo (not!) ano passado já estava mesmo a queimar os últimos cartuchos, foram relembrados alguns dos posts publicados em 2014. Podem espreitar a lista aqui:

uma amostra de 2014.jpg

 

 

O "Dezanove dedos e um co(n)to" foi um dos mencionados, pois aparentemente contribuiu para alguns risos!

Volto a partilhá-lo:

  

Conheci um senhor idoso, daqueles a quem a vida trouxe autoconfiança e sabedoria. Um bom humorista, também. Qualquer que fosse a expressão facial que ele fizesse, eu iria achar piada. Como a indignação que esboçou quando o atacaram com a pistola de água. Ou a expressão que fez quando contou que se fartou de ver o seu dedo - cortado por acidente – preservado num frasco e decidiu colocá-lo no bolso de um defunto (seu antigo vizinho), tendo portanto parte de si já enterrada. Ou quando mencionou que um amigo já comprou o caixão. E que tem música. Ou quando se ria da esposa, que me questionava repetidamente acerca do meu parentesco.

 

Se são de riso difícil e não ficaram convencidos com a piada do velhote, experimentem ler esta anedota

   

publicado por BataeBatom às 21:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Pérolas da blogosfera

. 49 cusquices sobre mim

. São servidos de uma fatia...

. Facebook do blog: esclare...

. Replay: Dezanove dedos e ...

. A três mãos...

. Alegrias via blogosfera e...

. Bata&Batom: um blog para ...

. Very Inspiring Blogger Aw...

. Liesbster award - descobr...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014