Quinta-feira, 27 de Agosto de 2015

Bata, batom e bilhetes: Gran Canaria

 

A viagem correu bem, uma vez que os passageiros estavam em boas mãos...

P1110125.JPG ... as do piloto inglês que me tirou a foto!

 

P1110108.JPGAli, ao fundo, podem ver o alimento dos anjinhos: algodão doce. Sim, que eles para fabricarem nutella têm que comer alguma coisa.

  

Em Gran Canaria, começámos por descobrir a piscina. Enorme e com jacuzzi, e - ponto forte do hotel - acompanhada por imensos chapéus e espreguiçadeiras.

GOPR0427.JPG

Eu e ele no outro lado da rede, à esquerda. A especialidade dele? Fazer barreira. A minha? Descobri-a naquele dia: o serviço. E a nossa equipa venceu! Yeeyyyy!

 

GOPR0246.JPGPlaya del Inglés. O mesmo Atlântico, outra temperatura...

 

Foi nesta zona que ficámos alojados e tenho que dizer que a sua vertente exclusivamente turística nos surpreendeu. Nesta ponta da ilha, não encontramos casas que não sejam de férias e não há escritórios (excepto para aluguer de carros). Só aparthotéis, hotéis, bares... Enfim, apenas o que os turistas necessitam para passar ali uma semana em modo relax!

 

Caminhando um pouco mais para Sul, e passando por uma praia de nudistas, chegamos às Dunas Maspalomas, um deserto em miniatura na pontinha da ilha. 

   GOPR0296.JPG

 

Quase no fim da semana, depois de uma barrigada de praia e piscina, alugámos um carro e fomos à descoberta de outros locais.

GOPR0578.JPG

 

Pela via rápida, atravessando vários túneis, é possível chegar em 20 minutos ao Puerto de Mogán:

GOPR0516.JPG

GOPR0535.JPG

 

Bastam algumas horas para explorar esta localidade, onde a pesca predomina.

 

GOPR0548.JPG

GOPR0540.JPGPuerto de Mogán propicia escapadelas românticas e é apelidado de "Pequena Veneza". Merecerá de novo a minha visita, se depender da minha vontade.

    

GOPR0574.JPG

Playa de los Amadores. Não parámos, mas reparámos, a partir da estrada, na beleza do local. Esta é uma das duas únicas praias de areia branca (artificial) da ilha.  E eu quero MUITO ir para lá! Mais especificamente, para aqui. 15 dias. Posso, posso? Só preciso de um milagre económico: ganhar o euromilhões. (Mas um milagre dos grandes. É que nem sequer jogo.)

 

Na ponta oposta da ilha, a uns 60 km do hotel, está a capital: Las Palmas.

É lá que podemos ir à Playa de Las Canteras, a "Copacabana Europeia":

 GOPR0600.JPG

GOPR0605.JPG

Como já dizia o outro, "quero voltar para a ilha"!

      

publicado por BataeBatom às 10:23
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito (3)
Terça-feira, 25 de Agosto de 2015

Bata, batom e bilhetes #8

 

Post dedicado à Patrícia, a vencedora do Passatempo Hotel Museu.

 

Primeira paragem: Almeirim. Saboreámos, entre outros pratos, uma bela sopa de pedra no restaurante O Pinheiro. Apreciámos ainda o comércio local, que não nos tirou um cêntimo da carteira, mas roubou-nos muitas gargalhadas.

 

- Alho nacional, não faz bem nem faz mal! - clamava a frenética vendedora, tentando vender um saco de alhos por uns míseros 50€. - Chã de "piricão" (hipericão), bom para estômago, fígado e depressão!

 

A meio da tarde chegámos finalmente a Mértola, uma vila acolhedora do interior alentejano. Aconselho vivamente a viagem no barco do hotel (como já referi anteriormente aqui), que nos proporciona paisagens únicas e uma brisa calmante.

       

mértola1.jpgAs fotos parecem ter um toque outonal, mas acreditem que as temperaturas não trairam o verão.

 

Chegou a hora de jantar. À mesa d' O Brasileiro chegaram a perdiz de escabeche, o ensopado de borrego, os pezinhos de porco e o frango de caril. E para a sobremesa (ai, a sobremesa!) deliciei-me com o típico e saboroso Torrão Real, um doce à base de gemas de ovos e amêndoas. Não há foto, que a minha paciência para registar doces antes de os atacar é francamente limitada.

    

No dia seguinte, o Sol lá decidiu acompanhar-nos na visita matinal pela vila. Às segundas-feiras, a maioria dos museus fecha portas, pelo que não é um bom dia para visitas turísticas. Mas foi o que se arranjou e explorámos o museu da Câmara Municipal de Mértola - o único aberto - e os arredores do castelo. Fico assim, com uma excelente desculpa para lá voltar!

 

mértola2.JPGVista sobre a vila de Mértola

 

Já a caminho de casa, avistámos uma das herdades do maior olival do mundo: o do azeite Oliveira da Serra. Estávamos destinados a ter um dia desprovido de visitas guiadas (a responsável pelas visitas ao lagar estava de férias) e prosseguimos, então, até Alcácer do Sal, onde almoçámos. Mais tarde, Santarém foi a cidade escolhida para um intervalo do nosso percurso na estrada. No Jardim das Portas do Sol pudemos, mais uma vez, admirar uma paisagem maravilhosa.

 

E assim se exploram, com 2 dias e um carro, alguns recantos do nosso país.

   

publicado por BataeBatom às 10:23
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2015

Bata, batom e bilhetes #7

(Continuação deste post)

  

Perto da Plaza Mayor, podemos encontrar a Puerta del Sol. Este ponto turístico é famoso por acolher a Estátua do Urso e do Medronheiro - o símbolo da cidade de Madrid - e por ser a localização da confluência das seis estradas radiais espanholas (o chamado "quilómetro zero"). É aqui que os madrilenos se juntam para ouvir as doze badaladas, na noite de passagem de ano e é também o local de eleição para muitas outras atividades. Estive lá no Dia dos Namorados e assisti a uma maratona de casais, em que estes fizeram o percurso de mãos dadas.

  

urso e medronheiro.jpg

 À esquerda, a Estátua do Urso e do Medronheiro. À direita, o "Km 0" e os nossos pés (massacrados!).

 

  

A sudeste daqui, estão o Museu do Prado e o Museu Reina Sofia. No primeiro, vimos a pintura "As meninas", de Velázquez, que está acompanhada por obras de Goya, Rembrandt, Rubens, entre outros. No segundo, o destaque vai para "Guernica", o painel monocromático com cerca de 8 metros, pintado por Picasso.

Importante: há quase sempre um dia da semana ou horários específicos em que a entrada nos museus é gratuita. Há que ter isso em conta na organização das viagens, pois pouparão dezenas de euros.

 

Lá perto, visitámos a Estação da Atocha, o local onde aconteceram os atentados de 11 de Março de 2004. Atualmente, há aqui uma vigilância apertada, semelhante à dos aeroportos (detetor de metais e máquina de raios X). A estação é lindíssima e aloja um jardim tropical.

  

IMG_20150214_142142.jpg

 Estação de Atocha

 

Junto desta estação, podemos relaxar no grande parque da cidade: o Parque del Retiro. Contém vários pontos interessantes para visita, mas penso que os mais bonitos são o Palácio de Cristal e o Lago das Campanillas (onde podem alugar pequenos barcos):

 

parque do retiro.jpg

  

Num ponto oposto da cidade, está o famoso Estádio Santiago Bernabéu (finalmente, não é, senhores?): 

  

estádio.jpg  

Infelizmente, o Cristiano Ronaldo não apareceu por lá para receber os compatriotas. Foi extremamente triste. Um ultraje que nunca esquecerei! 

 

Em compensação, de seguida, fiz tentei fazer o clichê:

 

torres kio.jpg

 

Não sou das turistas mais "profissionais", porque não tenho um cabo de vassoura para tirar selfies, mas a típica foto em que desafiamos as noções de perspetiva - e damos a ilusão de que suportamos um edifício com o dedo - não podia faltar. (E que linda que fiquei, de cabelos no ar e olhos semi-cerrados!)

 

As duas Torres Kio situam-se lado a lado e apresentam uma inclinação de 15º:

torres kio 2.jpg

  

Por último, aconselho um passeio pela Gran Via, uma das ruas mais emblemáticas da cidade (criada em 1910), onde verão enormes e imponentes obras arquitetónicas.

  

Tentei não tornar estes posts demasiado exaustivos, mas se pretenderem saber mais pormenores, não hesitem em deixar aqui as vossas dúvidas!

  

publicado por BataeBatom às 16:17
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito (2)
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2015

Bata, batom e bilhetes #6

  

Já estava do outro lado da fronteira portuguesa, quando vi este "miminho", dedicado ao Bata&Batom, na página inicial dos Blogs SAPO. Mais uma razão para eu andar toda contente a passear. Muito obrigada pelo destaque!

 

Como já referi, o fim de semana prolongado foi passado em Madrid, a capital mais alta da Europa. Esta cidade está localizada a cerca de 660 metros acima do nível médio do mar e dá que fazer aos turistas que a visitam de forma intensa, em poucos dias (como foi o nosso caso).

 

Começámos por ir até ao templo de Debod, um templo egípcio que foi doado a Espanha e transferido, peça a peça, até à atual localização:

 

templo de debod.jpg   

O Palácio Real também merece visita, tal como toda a região envolvente, e é a residência oficial de Felipe VI. Porém, a família real optou por viver noutro palácio e recorre a este somente em ocasiões especiais.

 palácio real.jpg

Palácio Real de Madrid

 

  

Junto deste, encontramos a Catedral de Almudena, onde decorreu a celebração religiosa do casamento de Felipe e Letícia.

 

Daí, caminhámos até à famosa Plaza Mayor, que acolhe lojas típicas, esplanadas e artistas de rua.

 

IMG_20150245_034300.jpg

 Este estava armado em forte, mas decidi dar-lhe uma mãozinha.

 

Foi perto desta praça que provámos uma tradicional refeição madrilena - sandes de lulas fritas - e descobrimos, posteriormente, a pastelaria "La Mallorquina". Aqui, vi a Manuela Moura Guedes e, após conseguir acumular uma grande dose de descaramento, lá fui ter com ela e registámos o momento:

  

IMG_20150214_133332.jpg

  

Continua...

 (Sim, como nas séries, que este post já vai longo e tenho que ir jantar!)

 

publicado por BataeBatom às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2015

Bata, batom e bilhetes #5

    

O bilhete virtual de hoje é para o Cinema City de Leiria, que foi mencionado na lista dos 25 cinemas mais bonitos do mundo, publicada no site Architecture and Design.

 

Agora já sabem, quando forem até Leiria: lanchinho na Nutelleria e, depois... Cinema City! Relativamente à Nutella, já todos sabemos que é boa. Quanto ao cinema, deixo aqui algumas fotografias - tiradas em 2011 - para que vejam como é diferente da maioria:

 

cinema city 1.jpeg

 Podem conhecer dinossauros...

 

cinema city 2.jpeg

 ... entre outros seres amigáveis!

 

cinema city 3.jpeg

 Mais bonecada...

  

cinema city 4.jpeg

... e até lá tirei uma selfie, quando ainda não era uma tendência!

 

 
Não tenho fotografias das salas, mas partilho algumas do site oficial:

cinema city.jpg

 

Vejam também os outros convidativos cinemas destacados na lista dos melhores do mundo. Vale a pena.

 

publicado por BataeBatom às 01:08
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito

. ver BB

. seguir perfil

. 317 seguidores

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Bata, batom e bilhetes: G...

. Bata, batom e bilhetes #8

. Bata, batom e bilhetes #7

. Bata, batom e bilhetes #6

. Bata, batom e bilhetes #5

. "Diz-me uma coisa boa de ...

. Alargar horizontes... lit...

. Adiós, Picasso!

. Bata, batom e bilhetes #3

. Bata, batom e bilhetes #2

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014