Terça-feira, 21 de Julho de 2015

Vende-se cérebro frito

   

Quinta-feira: último exame; tocar nas Festas do Bodo.

Sexta-feira: mudança de casa.

Próxima semana: voluntariado em Sintra.

Logo a seguir ao voluntariado: tocar em casamentos.

 

Como podem concluir, o meu cérebro está transformado num cocktail de preocupações, pelo que não conto aparecer por aqui nos próximos dias.

 

Mas fica o convite para virem passear até Pombal na próxima quinta, pelas 23h, para assistirem ao concerto dos SILK! No final, não se esqueçam de ir dizer olá à rapariga do violino. Acho que se chama Dora.

 

Atualização: a Ana lembrou-me de algo pertinente, no facebook do blog. Não tinha dito aqui, mas todos os concertos das Festas do Bodo são de entrada gratuita! Mais um motivo para não faltarem! 

   

cartaz bodo 2015.jpg

  

publicado por BataeBatom às 15:21
link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito (2)
Sexta-feira, 17 de Julho de 2015

Uma espécie de Art's Friday

    

pizza hut.jpg

 

Sem dúvida. Uma arte quase tão bela quanto a de aproveitar descontos!

 

Descobri, através de uma partilha de facebook, que na Pizza Hut temos direito a uma pizza individual grátis, na compra da bebida! Ou seja, por apenas 1,80€ devoramos uma deliciosa pizza (base de tomate + 2 ingredientes à escolha + queijo), regada com um refrigerante de 33 cl.

   

Mham mhaam! Optei pelo ananás - o meu companheiro favorito nas massas e pizzas, pois neutraliza o potencial enjoativo destes pratos - e pelo fiambre. E, claro, não me podia faltar o clássico Ice Tea de Pêssego.

 

Os gulosos podem pedir o vale aqui.

  

publicado por BataeBatom às 17:08
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito (2)
Quinta-feira, 16 de Julho de 2015

O estúpido diário de uma claustrofóbica (pág.3)

  

o estúpido diário de uma claustrofóbica.png

 

A casa de banho não tinha janela. Sem abertura em cima ou em baixo. Só 4 muros, muito juntinhos a mim, e uma maçaneta inútil, que insistia em não desempenhar a sua função.

 

Evito andar de elevador e subo pelas escadas sete andares ou mais, se for preciso, para depois ficar presa num WC?!

  

Com muita pena minha, não consegui manter a serenidade da Maria das Palavras e comecei a bater na porta como se não houvesse amanhã. Gritei, duas vezes, "Alguém me pode ajudar?". Só mesmo porque tinha vergonha de gritar "Socorro!!!". Seria muito dramático, não?

  

Ninguém veio.

Mais murros na porta.

Ninguém veio.

Visão turva. Vagos pensamentos sobre o exame que deveria realizar dentro de momentos.

Ninguém veio.

Merd*, fod*-se!

Murros.

 

Já tinha a palma da mão bem marcada a vermelho pela maçaneta, quando aquela porcaria decidiu ceder. Lavei as mãos rapidamente e desapareci dali a passo rápido, antes que alguém me associasse aos gritos histéricos. Uma lady não grita. No máximo, manda um guincho, um "ai, que incómodo" e lima as unhas, enquanto um príncipe renasce dos pensos higiénicos do caixote do lixo para a salvar.

    

Conclusão: Nunca mais entro num cubículo daqueles sem telemóvel.

 

Outros relatos claustrofóbicos aqui e aqui.

    

publicado por BataeBatom às 15:39
link do post | comentar | ver comentários (37) | favorito (3)
Segunda-feira, 13 de Julho de 2015

Vamos brincar aos blogs de moda?

  

Miguxaaahs, á exatamente um ano desabafei aki sobre o meu prublema em encontrar malinhas. Pronto, pronto, já parei, eu sei que há blogs de moda com um português aceitável. (Principalmente se não forem escritos por quem dá a cara.)

  

Adiante, desde este post (alerto que pode ferir suscetibilidades), encontrei duas malas que me agradaram. Ambas foram compradas na Parfois, a preços bastante convidativos, e vão sendo alternadas com uma melhorzinha da Cavalinho que já tenho há mais tempo.

  

Uma delas está em Coimbra, mas posso mostrar-vos a outra:

mala parfois 1.jpg

Porque é que eu não apareço com a mala? Simples, não tenho um fotógrafo e não me apetece fazer figura de ursa a tirar selfies. (E há grandes probabilidades de a cadeira ser mais fotogénica do que eu.)

   

Pontos fortes da mala:

Cabem documentos A4, mas não é demasiado grande;

Tem um compartimento para as tralhas parecerem arrumadas;

Valor ac€ssível (já não me lembro quanto custou, mas com 30 ou 40€ faz-se a festa);

 

Pontos fracos:

Não é de pele;

Tinha um cheiro mesmo desagradável quando a comprei. Mas bastou passar junto de uma perfumaria, logo a seguir, e aceitar um daqueles cartões perfumados que eles distribuem. Toca a pô-lo na mala e... Problema resolvido!

  

E já que estamos a brincar aos blogs de moda, deveria falar dos saldos... Bem, a verdade é que até agora a minha época de saldos foi vergonhosa. Adquiri umas sandálias, na semana passada, e nem sequer estavam em promoção.

 

sandálias cg 1.jpg

sandálias cg 2.jpg

sandálias cg 3.jpg

Calçado Guimarães - 44,95€

 

Pontos fortes:

São de pele.

Cor: fica bem com tudo.

Conforto: parece que os meus pés estão pousados em almofadas.

Bendita inclinação à frente, que não deixa que o terror das sandálias aconteça: apesar da inclinação do pé, os dedos não saem das sandálias. 

 

E agora digo-vos isto baixinho, ao ouvido, porque coisa gabada é coisa estragada: até agora, ainda não encontrei defeitos.

 

publicado por BataeBatom às 14:32
link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito (1)
Sexta-feira, 10 de Julho de 2015

Art's friday #27

 

No blog do Henrique Monteiro, encontramos diariamente imagens que caricaturam as mais recentes notícias. Merece visita rotineira, mas acredito que já todos o conhecem, principalmente se tiverem o hábito de passar os olhos pelo portal SAPO. Por este motivo, decidi destacar um artista mais discreto: um mero comentador desse espaço.

 

Assina como Mário João Castro e as suas intervenções satíricas revelam vasta cultura, associada a uma relação íntima e harmoniosa com a poesia.

 

Aconselho-vos a explorarem vocês mesmos o blog HenriCartoon, apreciando as imagens e dando uma olhadela nos comentários.

henricartoon.png

 

Vá, não consigo resistir. Partilho só uma quadra para despertar a curiosidade. Ora vejam lá se não concordam:

 

Doentio hábito português
de invejar quem raciocina
tem ainda muito freguês
e não lhe encontro a vacina!

   

publicado por BataeBatom às 14:11
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito (2)

. ver BB

. seguir perfil

. 313 seguidores

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Art's friday #33

. Como quase sermos o que q...

. Art's friday #32 - Especi...

. Esta coisa do ano bissext...

. Como ter cabelo brilhante...

. Intermitências da vida

. Ser portuguesa é...

. Olhe, desculpe, isto é um...

. Porque raio querem levar ...

. Versão ikra-não-sei-quê d...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014