Domingo, 27 de Julho de 2014

Como quase perder um voo (continuação)

(...)

 

6 – Após seis dias (numa quinta-feira), verificas que a carta ainda não chegou. Ligas para o Registo Civil e informam-te que o cartão de cidadão está na posse deles, mas será impossível obtê-lo sem o código contido na tal correspondência por receber. Correspondência essa que foi emitida há dois dias, segundo os registos informáticos e que, portanto, já deveria ter sido recebida;


7 - Vais aos correios e não têm informações acerca do assunto;


8 – Este é muito importante. Depois de saíres dos correios, percebes que é diabólico conduzir na tua cidade, em dias de festa, e ficas mesmo feliz por não te teres lembrado disso e estares entalada entre peões, carros e carrinhas de farturas e churros;


9 – Voltas com dificuldade para casa. Por intermédio de amigos e familiares, descobres a hora a que os carteiros saem dos CTT e vais lá esperá-los no dia seguinte. Já que, se não tiverem a carta, tens que te dirigir à sede do distrito, para ser emitido, no próprio dia, um B.I. dos «antigos»;


10 – Uff, problema resolvido. Estava nos CTT. Vais ao Registo Civil e pões o ansiado documento de identificação na carteira.

 

Finges que isto não aconteceu, porque não queres que saibam que foste irresponsável. Ou então publicas num blog.

  

publicado por BataeBatom às 18:28
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
Sábado, 26 de Julho de 2014

Como quase perder um voo

Só se vai deixar enganar quem quiser. Podem ler o título e deduzirão a inutilidade desta rúbrica. A sério. É daqueles posts depravados, sem sentido. Tal como o que me aconteceu.

 

Vamos lá: como quase perder um voo em 10 passos.

Não, não é a dar dez passos vagarosos e chegar tarde demais ao terminal. É assim:

 

1 – Marcas um evento que te obrigue a viajar de comboio poucos dias antes da viagem de avião, mesmo que não tenhas o hábito ou a necessidade de o fazer;

 

2 – Compras o bilhete a um funcionário da CP que, por sorte, te verifica a data de validade do cartão do cidadão e percebe que já caducou. (Há duas semanas.);

 

3 – Estás no bom caminho para te negarem a entrada no avião. Ainda bem que reservaste e pagaste antecipadamente deslocações e hotel. E ainda bem que o dinheiro investido não é reembolsável. Ainda bem que gostas de te sentir ansioso(a) e estúpido(a) porque nem te lembraste que o cartão do cidadão poderia caducar e ias viajar. Ainda bem;

 

4 – Este passo é importante e deve ser realizado com genica! Energia em bruto nessas pernas, antes que o Registo Civil feche para fim-de-semana;

 

5 – Gastas 30€ num pedido urgente de cartão de cidadão. Esperas pela carta que – supostamente – demorará, no máximo, até uma semana a ser colocada na caixa do correio;

 

Brevemente, os próximos 5 passos.

publicado por BataeBatom às 12:14
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Art's friday

  

“A arte diz o indizível, exprime o inexprimível, traduz o intraduzível”.

Leonardo da Vinci

 

 

A Arte diz, ainda, que adora ser representada pela Sofia e pela Inês. E que é tão bem tratada, que nunca as abandonará. 

 

Cliquem nas imagens, para visitarem estes blogs, recheados de talento e paixão. Vale a pena!

  

  

 

 

publicado por BataeBatom às 14:28
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

váCuo!

De forma a entenderem o que vou escrever, devem ler o post “Obra divina”.

 

Elogiei os anjinhos e sabem o que é que eles me estão a dar, em troca?

Ar. Menos do que isso, só o vácuo.

Eu deixo o boião assim mesmo a jeito, mas nada.

  

   

Dão-me ar e MEDO!

Que, com esta mania de empurrarem tantos aviões cá para baixo, já estou a ficar com receio do voo que se aproxima.

    

tags: ,
publicado por BataeBatom às 22:25
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

Bata, batom e bilhetes #2

 

"O essencial é invisível aos olhos", mas descobri que o Parque do Principezinho já é visível em França, Ungersheim.

 

Estive a dar uma olhadela no site e vi que o Parc du Petit Prince está localizado na zona onde caiu, em 1492, o primeiro meteorito conservado e estudado e tem balões aerostáticos (um deles com bar!), labirintos, filmes 3D, espetáculos ao vivo, entre outras atrações!

 

Deixo aqui algumas fotografias, retiradas da página do parque:

     

 
 
 
  
 
 
Nasçam crianças na família! Que eu vou a Alsácia com elas!!! :)
  
publicado por BataeBatom às 14:27
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito (1)

. ver BB

. seguir perfil

. 313 seguidores

.facebook

Bata&Batom no Facebook

.pesquisar

.posts recentes

. Art's friday #33

. Como quase sermos o que q...

. Art's friday #32 - Especi...

. Esta coisa do ano bissext...

. Como ter cabelo brilhante...

. Intermitências da vida

. Ser portuguesa é...

. Olhe, desculpe, isto é um...

. Porque raio querem levar ...

. Versão ikra-não-sei-quê d...

.Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.arquivo

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014